15 de jul de 2013

O Poder do sorriso

Sorriso: Manifestação de simpatia. Ato ou efeito de sorrir.

É uma definição muito simples pra algo tão poderoso. O sorriso quando bem empregado, tem poder tão grandioso quanto imensurável. O sorriso é um ato tão simples de se praticar que algumas pessoas esquecem fazê-lo.

Sorrir é o melhor remédio. Este é um dito popular que é muito contado aqueles que normalmente estão tristes. Mas a verdade é que realmente o sorriso tem um poder medicinal muito grande.

Estudos comprovam que quando sorrimos nossas conexões neurais trabalham de forma mais rápida e leve, a carga de tensão é reduzida sobre todo o nosso sistema nervoso. O estresse é aliviado ou anulado. O nosso lado criativo ele passa a ser mais ativado, o oxigênio circulará de uma forma muito melhor em todo nosso corpo e claro que isso tudo irá gerar uma carga de alegria e prazer enorme em nossa mente consciente.

Assim como o sorriso gera centenas de benefícios dentro de nosso corpo, o sorriso tem um poder contagiante, ele produz energia que permite que as pessoas se conectem umas as outras de modo que a comunicação interpessoal seja otimizada. É através do sorriso que as portas de nossos corações se abrem para novas amizades, novos amores, é através do sorriso que parcerias podem ser concretizadas e é através do sorriso que podemos trilhar nossa estrada de felicidade.

Então vamos lá, sorria. Afinal não custa nada.

7 de jul de 2013

Você é Produtivo ou Ocupado?

Uma frase extremamente normal no mundo empresarial é “Não tenho tempo para nada!”. Como adepto da democracia, eu sou obrigado dizer que isto está errado! O tempo é um dos poucos recursos que todas as pessoas, digo todas as pessoas no mundo têm, igualmente. Barack Obama, O Papa, Dilma Rouseff, Neymar, Eu e Você. Sim o tempo é igual para todos nós.

Por outro lado, a forma que você aproveita as suas 24 horas, aí sim são outros quinhentos.

Se você está entre as pessoas que “não tem tempo pra nada”, leia abaixo algumas diferenças de postura que te levarão a um rotina muito mais produtiva.


1. Ocupar o tempo X Aproveitar o tempo
Existe uma coisa chamada Lei de Parkinson, que diz que “O trabalho se expande para preencher o tempo disponível para ser concluído”. Ou seja, se você fala pra uma pessoa ocupada “Você tem até tal hora para entregar algo”, essa pessoa dará um jeito de ocupar essas horas, mesmo que o prazo esteja extremamente folgado.

Por outro lado, as pessoas produtivas pensam “Preciso entregar essa tarefa. Vou dar um jeito de aproveitar as horas que tenho e entregar o mais rápido possível”.

Com esses pensamentos diferentes, dificilmente uma pessoa ocupada entregará algo antes do prazo. Em compensação, a pessoa produtiva está sempre pensando em formas de entregar além do esperado.

2. Fazer o que acontece X fazer acontecer
Uma pessoa “ocupada” se distrai muito fácil. Isso acontece porque sem um objetivo claro, qualquer interrupção parece relevante e o que é importante mas não é urgente fica sempre deixado pra depois.

A pessoa produtiva sabe que precisa alcançar um objetivo importante. Tudo que não estiver relacionado com esse objetivo deve ser ignorado até o objetivo seja alcançado.

Faz sentido imaginar um piloto de F1 checando o Facebook a cada 5 minutos durante a corrida? Por que faria pra você?

3. Seguir as regras X criar as regras
Pessoas sem postura produtiva normalmente recebem uma sequência de tarefas e saem executando sem entender muito bem o porquê. Isso tira a motivação e aumenta muito a dificuldade da tarefa.

Em compensação, pessoas produtivas fazem questão de entender exatamente onde precisam chegar. A partir disso, elas conseguem criar seus próprios planos e executá-los de maneira eficiente.

Conclusão: Produza ou descanse, enrolação é desperdício.
Que fique bem claro, trabalhar 37 horas por dia dificilmente é a coisa mais produtiva a se fazer. Assim como qualquer máquina, o corpo humano precisa de manutenção e se você não tiver momentos para descansar, uma hora a máquina quebra.

Por isso, não tem problema algum checar Facebook, tirar um cochilo ou levantar pra tomar uma água, desde que seja num momento em que você esteja conscientemente descansando.

Se você se interessou e quer saber mais, é só clicar aqui.

3 de jul de 2013

O mundo dos negócios é para você?!

O mundo dos negócios não é para os fracos, também não é para quem desiste no primeiro sinal de dificuldade. Não é para quem entra em desespero diante de um resultado negativo. Não é para quem tem medo de arriscar e tão pouco para quem se preocupa demais com que os outros dizem a seu respeito.

O mundo dos negócios não é um conto de fadas. Nem tão pouco um mar de rosas e tão pouco uma aventura hollywoodiana.

O mundo dos negócios não é para qualquer um. Mas é perfeito para quem encara os desafios de frente e sem medo. Para quem aposta nos seus sonhos. Para quem acredita no potencial das suas ideias e para quem batalha, dia após dia, para fazer as coisas darem certo.

O mundo dos negócios é para você? Eu espero que sim.

26 de jun de 2013

Frutos dos 20 centavos

Vinte, dez, cinco centavos para você faz diferença? E pensar que por conta de vinte centavos o nosso país está a passar por uma revolução histórica. É motivante e contagiante ver nossa geração indo às ruas protestando, reclamando e exigindo de nossos governantes investimentos, recursos e projetos que beneficiem o povo brasileiro. É lindo entrar nas redes sociais hoje e ver as famosas "hashtags" em apoio aos movimentos e manifestações, as mensagens de apoio de grandes personalidades brasileiras, ver nos noticiários do mundo inteiro o Brasil como manchete. Literalmente a nossa casa está começando a ser arrumada.

Um país de dimensões continentais, de riquezas naturais imensuráveis, de um povo tão apaixonante e belo como é o povo brasileiro. O governo deixou de lado o diálogo com o povo nos últimos 15 a 20 anos, os deputados não fazem mais trabalhos de deputados, o senado seguiu defendendo seus interesses pessoais em rodadas de negociações entre partidos aliados e governo. Não existe oposição, esquerda, direita, nada, nada... Não existe mais ideal partidário-político, por isso os manifestantes fizeram questão de barrar qualquer bandeira de partido político nos movimentos. Nosso partido é o Brasil, dizem os manifestantes. Suas reivindicações são bastante pertinentes, pois um país que pode gastar 28 bilhões em uma festa para o mundo inteiro, poderia também lançar um mega pacote de crescimento nacional para ajudar no desenvolvimento das PESSOAS, e não os paliativos sacanas e populistas que aparecem ultimamente para angariar votos.

Já começam a serem colhidos alguns pequenos frutos, frutos esses como:
  • Redução em alguns impostos que acarretam o aumento das tarifas do transporte público.
  • Arquivamento da Proposta de Emenda Constitucional 37 (PEC-37)
  • Consideração do crime de corrupção como crime hediondo.
  • STF ordenando a prisão do Deputado Federal Natan Donadon (PMDB-Rondônia).
  • Reforma Política.
Com certeza ainda existirá muitas outras mudanças, este é apenas alguns primeiros frutos que o povo brasileiro começa a colher. O gigante acordou, grita as ruas, o povo brasileiro cansou e agora podemos dizer que estamos arrumando a casa. Somos Brasil, não desistimos nunca, porque enquanto houver vida haverá não apenas esperança mas também a mudança.

2 de jun de 2013

Portal e Grupo Próximo Século


Em muito breve ocorrerá o lançamento do nosso portal, do nosso grupo de empreendedorismo.


Sobre o Grupo Próximo Século
  • Quem Somos
Somos um grupo de empreendedores focado no desenvolvimento da excelência humana. Incentivando o indivíduo a buscar o crescimento pessoal, profissional, intelctual e espiritual. Através de treinamentos, palestras, cursos, workshops, dinâmicas e vivências de auto impacto que potencializarão a capacidade de cada pessoa. Tornando assim programável os resultados desejados por cada um. Com uma proposta inovadora, trabalhamos para prepara pessoas para superar seus limites.
  • Missão
Proporcionar a oportunidade de crescimento pessoal, intelectual, profissional, espiritual e a realização de sonhos e metas.
  • Visão
Ser o maior grupo de empreendedorismo do nordeste. Estar em constante progresso e inovação nas ferramentas de busca pelo ensino da  excelência humana.
  • Valores
Inovação
Pró-atividade
Incentivo
Respeito
Preparação
Trabalho em equipe


1 de jun de 2013

A tristeza, o que fazer quando ela vem.

Por que conseguimos prestar apoio aqueles que se encontram tristes e não conseguimos nos dar apoio quando a tristeza bate em nossa porta?
Por que as vezes temos uma palavra de ânimo e incentivo para nossos amigos quando eles se encontram tristes mas não conseguimos motivar a nós mesmos quando nós estamos tristes?

É pessoal, o ser humano em toda sua complexidade e capacidades tem dessas coisas, somos seres altamente sensíveis, seja na capacidade de estar feliz ou triste. Nós somos assim. E uma grande pergunta que bate na cabeça de muitos é:

"Como bloquear ou anular sentimentos como ódio e tristeza e ainda fortificar outros?"

Posso dizer que isto é uma pergunta que muito tem martelado a cabeça de muita gente, estudiosos, filósofos, religiosos, médicos, nós. Algumas pessoas tem a capacidade de simplesmente bloquear alguns sentimentos e isto acontece inconscientemente, mas e quanto aos outros, o que fazer?

Que postura tomar quando a tristeza vem? O que fazer quando algo acontece e realmente abala nossas estruturas? É uma tarefa árdua, mas não é uma tarefa impossível. A primeira coisa a ser feita, é focar em coisas que nos deixam feliz, tire sua mente daquilo que te prende a tristeza e foque em sua felicidade, segundo pratique sua felicidade, pratique-a e quanto mais você praticá-la você verá que mais ela estará ao seu redor. E um grande fator determinante é: FAÇA OS QUE TÃO AO SEU REDOR FELIZ E A FELICIDADE IRÁ TE ENVOLVER. Pratique isso e veja que faz toda a diferença.

Por Felipe Rocha

2 de mai de 2013

Para as coisas mudarem você tem que mudar (Posição das velas)

Não é o que acontece que determina o nosso futuro, é o que nós fazemos
a respeito do que determinará o nosso futuro. Por exemplo, um veleiro,
não é a força do vento que determina para onde o barco vai é a posição
das velas. Então entenda o que todos podem entender, é sempre o
mesmo vento que sopra para todos, o vento do desastre, o vento da
oportunidade, o vento da mudança, o vento que nos derruba, o vento
favorável, o vento desfavorável, o vento da economia, o vento social,
o mesmo vento sopra para todos. A diferença está no que você faz
em 2, 3, 4 ou 5 anos a diferença está na chegada e não na direção do
vento, a diferença está sim na posição das velas, aprendizagem é isso
posicionar melhor as velas neste ano do que no ano passado, a posição
das suas velas quando mudadas para a direção correta irá fazer com que
você mude, a mudança da sua filosofia, a mudança para pensá-lo melhor,
corrigir os erros do passado e escolher novas disciplinas para o seu futuro
e toda a sua vida mudará, os seu anos seguintes, serão totalmente
diferente dos anos passados em sua vida. E adivinhe quem pode fazer
esta mudança? Adivinhe? Qualquer um pode fazer esta mudança.

Você pode seguir um novo caminho para este ano, ou seguir o mesmo
caminho dos anos passados. Mais se você quiser mudar precisa começar
hoje. De modo que os próximos anos sejam drasticamente diferentes dos
anteriores. E qualquer pessoa que deseje pode fazer isso. Você pode
mudar se você quiser. Não é nada escrito, não é uma lei. O nome disso
é oportunidade.

Agora se você não souber que pode mudar sua vida, sua renda seu
casamento, seu emprego, seus estudos, seus modos, se você não quiser
mudar tudo bem, você escolhe como você quer viver. Mais o que eu
quero dizer a vocês é que se quiserem mudar é possível, basta querer,
você pode mudar. Tornar os próximos três anos totalmente diferentes
dos três anteriores. E tudo o que você precisa fazer é pouca coisa.

Agora percebam que não é a posição dos ventos que determinam sua
renda, não é a posição dos ventos que determina sua fortuna. Mais é
sim a posição das velas. É por isso que estou escrevendo aqui, talvez
eu tenha algumas informações para vocês, uma ou duas coisas sobre
como posicionar as velas do seu pensamento, que possam drasticamente
fazer mudar seus benefícios nos próximos três anos em relação aos
três anteriores. Por tanto não é o que acontece, pois o que acontece
é para todos.

Me contrataram para a chefia de um site publicitário certa vez e
me perguntaram:

- Felipe, como será os próximos 5 anos? Já que você conhece as
pessoas, conhece de marketing e conhece de vendas.
Eu respondi:
- Eu sei como será os próximos 5 anos.
(E todos se inclinaram para ouvir)
Os próximos 5 anos será exatamente igual aos 5 anos anteriores.
Na próxima estação depois do verão virá o outono, depois do dia
virá à noite, prometo que não haverá mudanças.
Os últimos 6.000 anos foram assim. Oportunidade misturada
com dificuldades, às vezes parece haver mais oportunidade do
que dificuldades, às vezes parecem existir mais dificuldades do
que oportunidades. Mais a mistura é sempre a mesma.
Depois da expansão vem à recessão, e depois da recessão vem
à expansão. Não perceber isso é ingenuidade. Uma vez que vocês
tenham compreendido isso saberão exatamente o que fazer,
saberão exatamente o que antecipar.

Por isso estarão prontos. E aqui está o título "para as coisas
mudarem você tem que mudar". Eu esperava que o governo
mudasse, esperava que os impostos mudassem, esperava que
a economia mudasse, esperava que meu chefe mudasse e que
ele fosse mais generoso. Até que um dia Felipe Lapa e Jin Ronh,
um amigo e dois mestres pelos quais tenho muita estima e valia
me ensinaram, Não Felipe para as coisas mudarem você tem que
mudar. Não deseje coisas mais fáceis, deseje ser melhor.
Não deseje menos problemas deseje mais capacidade, não
precisamos de menos problemas só precisamos de mais
capacidade. Não deseje menos desafios, deseje mais sabedoria.

Aceite o desafio, ninguém cresce sem desafio, você não pode
melhorar sem desafio, você tem que compreender o desafio.

Essa é a chave do desenvolvimento da sabedoria para superar a
dificuldade, não deseje menos desafio deseje mais sabedoria.
Você pode fazer coisas notáveis, coisas grandiosas, não importa o
que aconteça. Quando compreendi isto e adotei como minhas filosofias
mudei o rumo da minha vida.

É isso aí até o proximo post.

1 de mai de 2013

Sonhos... realizam quando queremos.

Olá pessoal aqui estamos mais uma vez falando sobre
o tema no qual estou virando especialista e incentivador
falar sobre sonhos... Algo sobre o qual amo escrever, então vamos lá.

Como já sabemos todos nós temos sonhos, mais o que
nem todos sabem é que se QUISERMOS estes sonhos
irão se tornar realidade.

Então como tornar os nossos sonhos em realidade?

Primeiro temos que transformar nossos sonhos em
metas, mais como tranformá-los em metas?

Para transformar um sonho em meta primeiramente
devemos escrevê-lo. É escreva seu sonho, tambem escreva
uma data em que você possa realiza-lo.
Para ficar mais fácil vou citar meu exemplo:

Eu este ano pretendo comprar meu carro, aí escrevi:

Comprar meu carro (New Fusion, Branco, 3.0, V6)
Data: 10.12.2013

Você tem que saber o que você quer, quais são seu sonhos,
depois de escrevê-lo, ponha-o como meta para alcança-lo.

É claro que muitos dos nossos sonhos não são simples, devemos
ter planos para alcança-los.

Mais porque poucas pessoas se realizam e muitas não?
Muitas pessoas deixam de realizar sonhos pelo fato de dar
ouvidos a outras pessoas. Muita gente irá chegar pra você
e irá dizer.
-Ah isso é impossivel. Ah você é louco, Ah você não consegue
realizar isso e etc...
Muita gente vai tentar abater seus sonhos, mais cabe a você
não desistir deles.

Por isso, escreva seus sonhos, saiba o que você realmente quer
tenha planos, leia seus sonhos todos os dias e lembre-se:
Os sonhos são só seus. não deixe ninguém retira-los de você.

Abraços e até o próximo post.

30 de abr de 2013

Não desista, vôe sublime, vôe elevado.

O vôo até a lua não é tão longo, as distâncias maiores que
devemos percorrer estão dentro de nós mesmos. (Charle de Gaulle)

Vôo sublime elevado não acontece por acaso, é o resultado de
um esforço mental árduo. É preciso que você pense com clareza,
com coragem e muita confiança. Jamais alguém deslizou para fora
da mediocridade da maneira como uma lesma preguiçosa. Todos
quantos conheço modelos de auto nível de excelência ganharam a
batalha da mente e mantêm cativos os seus pensamentos corretos.
Entretanto a riscos, estes individuos escolheram viver a vida
como uma caneta ativa da qual flue a tinta, em vez de um
passivo mata-borrão onde se escreve, absorve e apaga o que outros
realizaram, decidiram intrometer-se pessoalmente com a vida,
em vez de acomodar-se, franzir as sobrancelhas e observar a
vida passar vagando e tornar-se um rio pequeno e finalmente
acabar-se.

O planeta está repleto de pessoas que desistem facilmente,
ficam sentados de braços cruzados, carrancudas e de olhar cético,
tem determinação e fêmera suas palavras favoritas são:
Para que tentar! Vamos desistir! Não podemos fazer isto!
Ninguém consegue realizar coisas assim!
Elas perdem a maior parte da ação, para não mencionar o
divertimento. Decoram as regras mais possuem as mentes fechadas
para coisas novas e criativas, são comparadas a ratos de esgoto.
O mundo delas limitam-se a uma área fechada de coisas como:
Não vou fazer, Não vou conseguir.

Porém de vez em quando, encontramos algumas pessoas de espiríto
forte, muita vitalidade, alegria e motivação que decidiram não
viver na mesmisse da vida e sempre estão inovando, pessoas que
tiveram coragem para serem diferentes. Os que miram alto são como
águias de vontade forte, que não se deixam abalar pelo negativismo
da maioria.

As pessoas que tem coragem para viver de um modo diferente alcançam
um vôo sublime, um vôo elevado, porém antes de alcançar o vôo da
nossa vida temos que percorrer um caminho para subirmos, encontraremos
dificuldades porém, se crermos subiremos e voaremos alto,
conquistaremos nossos sonhos, metas, objetivos e desejos.
Quando as dificuldades te apertarem, as lutas aumentarem,
as finanças esgotarem, quando tiver que sorrir mais precisar chorar,
quando seu caminho fica muito árduo, você deve descansar, mais não
deve desistir. Pois a vida é esquisita com a gente, quando você
fracassar lembre-se que está um passo mais perto do sucesso,
pois o sucesso é o fracasso virado ao avesso. E a melhor parte
do sucesso é você nunca saber a que distância dele está,
não importa se ele está perto ou longe. Então se agarre com
a luta quando ela estiver mais dificil, quando as coisas
parecem piores é que você não deve desistir, pois é quando você
vai estar o mais próximo possível do seu sucesso.

Bom pessoal é isso aí e até mais.
Felipe Rocha

28 de abr de 2013

A bela arte de errar

A bela arte de errar.
O único homem que não erra jamais, é aquele que não faz coisa alguma.
"Não tenha medo de errar, pois, você aprenderá a não cometer o mesmo erro duas vezes". (Rosevelt)

Todos nós estamos passiveis de erros, professores e alunos, dispostos e preguiçosos, jogadores e técnicos, chefes e subordinados e até presidentes.
O que? Errar? Sim, fazer coisas erradas geralmente com a melhor das intenções e isso acontece com notável regularidade. Sendo mais objetivo, todos nós desejamos o sucesso, porém a maioria das pessoas vivem evitando o fracasso do que buscar o sucesso. Realmente somos profissionais da incompetência, o que me leva a uma pergunta fundamental que ultimamente está ardendo dentro de mim durante muitos meses.

Por que, nos supreendemos quando vemos a incompetência em outros e nos desvastamos quando vemos a incompetência em nós mesmos? Concerteza a pessoa que inventou o perfeccionismo, deve ser um cara que rói unhas, cheio de "ticks", cujo sua esposa tem horror ao ver entrar em casa. Aliás ele perde o direito de ser culpado, pelo fato de jamais admitir que errou.

Pode acontecer com você, pare e pense, no meio como as pessoas usam de justificar suas falhas. Os médicos podem sepultar seus erros, os de um advogado se calam na prisão, os de um dentista são extraídos, os de um marceneiro vira pó, os de um publicitário é deletado. Ao ler uma revista meses atrás vi algo muito interessante, que dizia o seguinte: "Caso você encontre qualquer erro nesta revista, fique tranquilo, ele foi colocado propositalmente, tentamos desenvolver algo para todos, algumas pessoas estão procurando erros e não desejamos desapontá-las." E o que acontecia? Todos liam a revista inteirinha, apenas procurando erros nela, o que não havia.

Existem pessoas que marcaram a história, erraram inúmeras vezes e amargaram grandes fracassos. O que nos serve de exemplo para provar que somos seres falhos e imperfeitos.
Por Ex.: Tomas A. Edison, detém o recorde de quase 10.000 fracassos antes de chegar a lâmpada elétrica.
Albert Eisten por exemplo era um estudante medíocre, antes de comprovar a teoria da relatividade. Todos nós já tivemos oportunidade de presenciar fracassos que se transformaram em grandes sucessos. O diferencial é que as pessoas neles envolvidas compreenderam, toleraram, e até mesmo cultivaram o insucesso, conforme o momento se sentiram insatisfeitas, amarguradas, tristes e até decepcionadas, mas não se deixaram abater.

O segredo é não encarar o fracasso como uma derrota, mas como um prelúdio para o sucesso, um estágio ou um degrau para ser compreendido e superado. Então que tal um pouco de apoio? Aliás, bastante apoio.

Deixar de cometer erros está fora do alcance do homem, porém de seus erros e enganos o sábio adquire experência para o seu futuro.

Felipe Rocha e Daniel C. Luz

27 de abr de 2013

As 6 Desculpas mais esfarrapadas do Mundo

Comece a agir e pare de dar desculpas 

Se você errou assuma seu erro, pare de simplesmente dar desculpas. Se possível corrija-o, e siga em frente, muitas vezes sem até olhar para trás. E o bom de errar é que você aprende a não o mais fazê-lo novamente. 

1. Não tenho dinheiro
Não conheço árvore que dá dinheiro e nunca vi cair do céu. Só conheço uma forma de ter dinheiro, trabalhando! Se o dinheiro está faltando, trabalhe mais. Se trabalhar mais não te dá o tanto que você quer, arrume outro trabalho, estude, aprenda, prepare-se, conheça mais pessoas que possam te dar oportunidades. Falar que não tem dinheiro não fará ninguém comover-se com suas lamentações.

2. Não tenho sorte
É engraçado como algumas pessoas, que não se dão bem, que não tem sucesso, colocam a culpa no acaso. Reclamar que não tem sorte é não admitir seus próprios erros. A primeira coisa a fazer quando se comete uma falha, é admitir. Ninguém consegue corrigir falhas se não assumir que falha. Pessoas que sempre reclamam que não tem sorte, na verdade são orgulhosas demais para assumir o que precisam corrigir.

3. Não tenho experiência
É claro que a maioria das pessoas prefere dar oportunidades para quem já tem experiência. É mais cômodo, o risco é menor e dá menos trabalho. Agora, dizer que não tem experiência é desculpa esfarrapada! Trabalho voluntário dá experiência. São tantas entidades que precisam de ajuda e tanta gente querendo uma mãozinha… Ofereça seu trabalho voluntário e em troca ganhará gratidão e experiência. Caso tenha dificuldades em conseguir trabalho voluntário em entidades, seja voluntário em fazer amizades.

4. Não tenho tempo
Todo mundo tem a mesma quantidade de tempo. O dia tem vinte e quatro horas para o pedinte de rua e para o presidente de uma multinacional. Escolher o que é mais importante é o primeiro passo para analisar se o
tempo está sendo utilizado da maneira correta. Todo serviço que não te leva àquilo que você mais quer é um ladrão de tempo. Fazer as coisas como sempre fez sem se preocupar em melhorar os processos é desperdiçar tempo.

5. Não gosto do meu chefe
Seu chefe é você mesmo. Se você é subordinado à alguma pessoa e faz corpo-mole por não gostar dela, na verdade, você está prejudicando a si mesmo. Os colegas percebem, os clientes percebem e não demora,
você será conhecido como uma pessoa amarga, molenga e desleixada. Não gostar do chefe ou de colegas de trabalho não é desculpa aceitável. Se brigou com alguém, faça as pazes. Se alguém te magoou, perdoe. Faça pelos clientes, faça por você. E se, por acaso, não conseguir, despeça seu chefe! Vai trabalhar em algo que te faça feliz. Se não gosta do trabalho que você faz, MUDE!

6. Não gosto de onde eu moro
Procure ver com outros olhos. Quando alguém não é feliz no que faz, costuma por a culpa na cidade onde mora. Tente encontrar coisas que não são especificas de sua área, talvez você encontre algumas coisas que
vão te surpreender. Se não encontrar, MUDE! Existem outras desculpas, se prestar atenção em pessoas medianas, terá uma lista enorme de desculpas esfarrapadas. Conviver somente com pessoas medianas vai
te fazer aprender novas desculpas. Encontrar desculpas para tudo é escolher ser medíocre.
E você, conhece alguma outra desculpa esfarrapada que você sempre escuta?


Oferecimento de:

@empreendemia -- http://wwwsaiadolugar.com.br