23 de out de 2009

A Lei da Atração

Por que quando pensamos em algo, aquele algo acontece?
há uma explicação para isso? Existe alguma fórmula para
se entender o porque? Tudo pode se definir como a Lei
da atração. Entenda um pouco mais sobre ela. A atração
sempre existiu. Ela está presente entre nós desde a criação,
há milhares de anos antes de nós ela já existia.
Sempre a usamos sem nem mesmo perceber, pois ninguém
é imune a esta energia. É um "direito divino" de todos.
Devido a nossa rotina, nosso "corre-corre" diário não nos
damos conta da importância desta atração. Os problemas
existem para nos afastar dos nossos verdadeiros ideais e a
missão de vida que é ser feliz. Nós gastamos uma imensa
quantidade de energia com nossos problemas e com os
problemas dos outros. Uma pessoa com problemas financeiros,
emocionais ou de saúde, os nosso problemas faz com que a gente
desfoque de nossos verdadeiros ideais. São poucas pessoas que
entendem a Lei da atração, são poucas as pessoas que se acham
capazes de tal direito e poder.

Para funcionar a lei da atração em nossas vidas, é preciso um
processo muito individual e intuitivo que vai depender apenas
de sua crença, onde a tendência é multiplicar a sua felicidade
e seu bem estar e daqueles que lhe cercam e do mundo que está
a sua volta, pois se formos pessoas melhores, o mundo que nos
rodeia também será melhor.

Quando pensamos de uma forma mais globalizada, é aí que o
poder da atração é mais fascinante ainda. Pois é como você
recebesse todos os seus desejos de uma só vez. Não agredir
aos outros ou a natureza humana é uma forma de trabalhar
globalizadamente, pois estamos falando de amor ao próximo.
Todos nós sabemos que o bem gera o bem, amor gera amor,
saúde gera saúde, felicidade gera felicidade e etc... Busque
em seu interior antes de se deitar sabedoria, paz, discernimento,
e todos estes sentimentos bons, e quando você acordar eles
estarão lá te esperando para começar um novo dia e assim
você multiplica essa sua energia e contagia aqueles que
estão ao teu redor.

A lei da atração não destingue tempo, há uma diferença
entre o tempo terrestre e o tempo do universo, se
seu pedido está demorando pra acontecer, reformule-o
simplifique-o, e claro perserver e tenha paciência que ele
irá acontecer.

Bom é isso aí e até o próximo post.
Post indicado por Cláudio Barboza

Felipe Rocha

22 de out de 2009

Apple e Steven Jobs

História da Apple

A história da Apple, a marca da maçã, design, inovação e poder:
conheça a história da empresa que trouxe glamour e revolucionou
a história dos computadores pessoais.

O que leva milhares de americanos a formarem longas filas em frente
às lojas para comprar um smartphone? Qual a fórmula mágica para
ser uma das empresas de tecnologia mais respeitadas de todo o mundo?
Conheça um pouco sobre a história da Apple, marca responsável por
produtos inovadores e que enlouquecem uma legião de fãs a cada
lançamento. Quem diria que dois garotos hippies da Califórnia realizariam
o sonho de levar o computador - uma ferramenta, até então, desconhecida
de muita gente para dentro das casas de todo o mundo?
Pois bem, é assim que começa a história da maçã.

Em 1976, Steve Jobs e Steve Wozniak, dois jovens apaixonados
por inovação, faziam parte de um grupo que montava seus
próprios computadores de forma bastante artesanal. Foi em
um dormitório de faculdade que a Apple Computers Inc. surgiu,
trazendo à tona o Apple I, projeto de um computador bastante
avançado para a época, mas que foi recusado por empresas já
consolidadas, como a Atari e a HP. O rústico Apple I, embora não
tenha sido um grande sucesso de vendas, o Apple I, que era apenas
a placa de circuito e custava cerca de 600 dólares
(o que hoje equivale a 5000 dólares), foi um bom começo e deixou os
rapazes esperançosos. A placa de circuito era geralmente armazenada
em uma caixa de madeira, de modo bastante rústico. O que era
um sonho hippie, acabou se transformando na maior promessa da
tecnologia e, mais que isso, em um culto. Afinal, há quem diga que
ao comprar um produto Apple, você não está simplesmente adquirindo
um MP3 Player ou um computador, mas sim um estilo de vida.
iNovação Com aperfeiçoamentos notáveis, o Apple I ganhou um sucessor,
o Apple II. Lançado em 1977, ele fez muito sucesso, apesar de seu preço
elevado cerca de 1,200 dólares, o que hoje equivale a 10 mil dólares.
Com características semelhantes às presentes nos computadores de hoje,
o Apple II vinha em um gabinete de plástico e com um teclado incorporado.
O modelo foi tão bem aceito no mercado, que perdurou até o início
dos anos 90. Mouse e interface gráfica. Do Apple II em diante,
a empresa resolveu apostar forte nos computadores com interface gráfica
e mouse, ideia que Jobs afirma ter "sido emprestada" da Xerox,
empresa onde computadores com interface gráfica eram desenvolvidos
há tempos. Para Jobs, a Xerox tinha em mãos uma ideia brilhante,
mas não sabia ao certo o que fazer com ela. A qualidade das interfaces
gráficas e dos próprios computadores da Xerox não era satisfatória e
o preço era exorbitante. Então, Jobs pegou os computadores da Xerox
como base para sua inspiração e trouxe inovações de cair o queixo do mundo
dos computadores.
Em 1983, um grande passo: o lançamento do Lisa, um computador
avançado com 1MB de memória RAM, dois drives de disquete,
disco rígido de 5MB e um monitor de 12 polegadas. Com uma
interface muito bem elaborada e uma suíte de aplicativos equivalente
ao Office atual o Lisa tinha tudo para ser um sucesso absoluto,
se não fosse o preço: 10 mil dólares da época. Interface monocromática,
um ponto negativo para as vendas, dois pontos para a experiência da
empresa, que utilizou o Lisa como base para o Macintosh, em 1984.
Com configurações semelhantes a de PCs da época, o Macintosh trazia
o sistema operacional Mac OS 1.0, responsável também por popularizar
a interface gráfica (GUI). iMarketing A era Macintosh não representa
apenas inovações nos produtos, mas também no modo com que empresa
alcançava seus clientes e em como os computadores Apple tornaram-se
objetos de desejo. Foi com o Macintosh que Steve Jobs resolveu arriscar e,
no intervalo do Super Bowl um dos maiores eventos esportivos dos EUA
veiculou um comercial que deixou milhões de americanos de olhos arregalados.
O vídeo de 60 segundos que você pode ver neste link consiste em uma metáfora
para a liberdade, em que o Grande Irmão (obra famosa de George Orwell)
que simboliza a gigante IBM. Esta foi a primeira grande demonstração de interesse
de Jobs pelo marketing, um ponto extremamente forte da empresa.
"Quando uma propaganda acaba se tornando um elemento da cultura pop,
é porque ela deu certo." Assim diz Steve Jobs, à respeito de propagandas
como a do iPod e as famosas "Get a Mac" que, assim como a propaganda de1984,
conquistou muitos adoradores dos produtos Apple e tiveram grande repercussão
no mundo todo.

Em 1985, o sucesso do Macintosh pareceu desestabilizar a empresa,
que resolveu demitir Steve Jobs e acabou por ficar também sem
Steve Wozniak, que voltou para a faculdade. A partir de então, os
computadores da Apple perderam o brilho e traziam uma interface
desatualizada para os padrões da época, com características que
desagradavam os consumidores. Esta foi uma verdadeira fase de declínio,
em que os inovadores e poderosos computadores da maçã não
representavam ameaça alguma para concorrentes como a Microsoft
e desapontavam os fãs. Foi apenas em1991 que a Apple começou a
acordar de seu pesadelo e lançou o primeiro PowerBook, um computador
portátil que reconquistou o público, alcançando um grande sucesso nas
vendas. PowerPC Apesar de estar reencontrando a estabilidade, a Apple
buscava novas tecnologias que pudessem bater de frente com os PCs de
seu grande inimigo. A escolha foi os processadores PowerPC, um
processador rápido eco-produzido pela IBM. Em 1994, a primeira leva
de computadores PowerPC entrou no mercado e, apesar das expectativas,
não foram tão bem aceitos assim. A incompatibilidade dos processadores
PowerPC com os utilizados anteriormente nos Macs, fizeram com que todos
os programas tivessem de ser reescritos, causando uma tremenda dor de
cabeça tanto para desenvolvedores quanto para os usuários. O PowerBook,
a solução da Apple foi criar um programa para emulação dos softwares,
o que causava lentidão e vários problemas no sistema. Assim que o tempo
passou, os softwares começaram a ser desenvolvidos apenas para processadores
PowerPC, amenizando o problema. Mesmo assim, até hoje se discute se a decisão da
Apple pelo PowerPC foi correta. iNesperado Apesar de todas as ações tomadas
pela empresa, em 1995 a Apple continuava em uma certa crise. Com problemas
para compra de peças e montagem de produtos, a empresa de Cupertino ainda
teve de lidar com questões jurídicas envolvendo a Microsoft e seu Windows 95,
que copiou descaradamente a interface gráfica do Mac. No final de 96, Steve Jobs,
fora da Apple desde 1985 já estava com uma empresa de tecnologia montada e a
todo vapor. A NeXT estava desenvolvendo computadores e tudo ia muito bem.
Foi então que a Apple sentiu a necessidade de ter Jobs de volta à empresa e
a melhor solução foi comprar a NeXT. O iMac original, de volta à Apple, as
mudanças de Jobs foram essenciais para reerguer a empresa. A começar pelo
corte na linha de produtos que, segundo Jobs, era extensa e complicada. O guru
da tecnologia resolveu cortar a linha de computadores Apple em menos da
metade, uma decisão que rendeu bons resultados. A partir de então, a Apple
tem sido uma empresa robusta que surpreende o mundo com seu design
inovador e tecnologia de cair o queixo. Alguns exemplos são o PowerBook G3,
em 1998, um laptop avançado para a época e cujo preço era acessível.
No mesmo ano, o iMac revolucionou o conceito de computador, trazendo
os componentes internos dentro de um monitor. A beleza do produto e a
ausência dos já conhecidos cabos conectores chamou a atenção do público
jovem e colaborou com a popularização da marca. iMusic Em 2001, o grande
lance da Apple: um player portátil de áudio e vídeodigital que deixou o mundo
em êxtase por seu design arrojado e novidades tecnológicas. Até hoje o iPod é
sinônimo de qualidade em player portátil e conta com uma linha para
variadas necessidades de tamanho físico e armazenamento. iPods para todos
os gostos. Basta sair nas ruas, parques ou academias para ver pessoas com os
clássicos fones de ouvido brancos para lá e para cá. Com um marketing intenso
e design agradável, o iPod revolucionou a música e colocou a Apple novamente
no topo das paradas. Ainda com a música em foco, a empresa lançou o iTunes,
um player moderno que armazena, organiza músicas e as sincroniza com
o iPod. Junto ao player, a iTunes Store, uma loja em que milhões de músicas
podem ser compradas online, por um preço razoável. iNcrível Também em 2001,
o Mac OS, sistema operacional da Apple, sofreu grandes mudanças e foi
reconstruído tendo o UNIX como base. Extremamente mais robusto e
agradável, o sistema operacional Mac OS X é considerado, pormuitos, o melhor.
Área de trabalho do sistema operacional da Apple. Em 2006, o MacBook,
o famoso laptop branco da maçã, foi um sucesso de vendas absoluto por trazer
um processador Intel (em vez do PowerPC) e recursos interessantes por um
preço bastante acessível se comparado a seus antecessores. Todos os
computadores Apple de hoje trazem o processador Intel que oferece mais
rapidez, estabilidade e compatibilidade aos computadores damarca. Mais que
um hardware e sistema operacional de qualidade, osMacBooks e iMacs tornaram-se
objeto de desejo e culto. iPod shuffle: menor que um isqueiro. Mais recentemente,
o que alavancou a marca foi o iPhone, um smartphone de notável tecnologia,
com funções de áudio, câmera, internet e muito mais. Utilizando uma tela multitouch
e uma versão reduzida do sistema operacional Mac OS X, o iPhone vendeu mais de
1 milhão de unidades em apenas 74 dias. MacBooks poderosos, iMacs que carregam
toda a potência de um computado rdentro do próprio monitor e iPhones cada vez mais
versáteis. Além disso,a empresa mostra ao público tecnologias que visam a
portabilidade, como o incrível MacBook Air e o iPod nano 3G, peças que provam o
poder da Apple no mundo da tecnologia. Quem mordeu a maçã de Cupertino?
A maçã é pop: todo mundo já viu, todo mundo conhece. Mas como surgiu a ideia
de ter como símbolo de uma empresa de tecnologia uma maçã mordida?
A versão mais plausível e conhecida é a que o símbolo seria uma referência
a Newton, que se deu conta da lei da gravidade ao observar uma maçã caindo
da macieira. Outra analogia possível seria com Adão e Eva, os personagens bíblicos,
em que a maçã representaria todo o conhecimento e a mordida, a aquisição do mesmo.
As caras da Apple. O primeiro logo da empresa era um tanto quanto exagerado e
representa a cena de Newton e sua maçã. Não é preciso nem pensar duas vezes para
ter certeza de que o logo não iria fazer sucesso, afinal, ele vai totalmente contra um
dos mais fortes princípios de Jobs: a simplicidade. Percebendo tudo isso,
Jobs caiu na real e deu a luz a um dos mais famosos símbolos de todos os
tempos: a maçã mordida. A Apple é um fenômeno impressionante que está
tirando o sono de muitas empresas como a própria Microsoft. Cada vez que Steve Jobs
sobe ao palco com seu visual minimalista para anunciar um novo produto,
o mundo para. Afinal, todos querem saber o que a mais inovadora empresa
do Vale do Silício anda aprontando e ninguém quer perder a chance de dar uma
mordida na maçã.

Se você se interessa pela empresa de Cupertino e quer conhecer
um pouco mais de sua história, a equipe do Baixaki recomenda
assistir ao filme"Piratas do Vale do Silício", que mostra a fundação da
Apple e da Microsoft, bem como todas as suas rivalidades. Há também um
livro bastante interessante e que foi lançado recentemente chamado
"A Cabeçade Steve Jobs", do jornalista Leander Kahney. O livro conta
a história de Steve Jobs e da Apple de maneira bastante completa.
Steve Jobs em um de seus clássicos lançamentos. Curiosidades O "i"
encontrado na frente do nome de vários produtos da marca
(iPod, iPhone, iMac) originalmente representava a "internet" mas,
passado algum tempo, adquiriu a conotação de pessoal, uma vez que
"I",em inglês, significa "eu". iPods compatíveis com o sistema operacional
Windows não começaram a ser vendidos até 2002. O primeiro slogan da
empresa era "Byte into an Apple" frase ambígua para um byte dentro
de uma maçã ou morda uma maçã. A grande maioria das pessoas
ue compram um produto da Apple, permanecem fiéis à marca.

Bom gente é isso aí e até o próximo post.
Abraços.
Felipe Rocha

configurando o windows para economizar energia

Bom, como havia prometido aqui está a forma de se
minimizar o consumo da sua bateria em seu notebook.
Basta clicar no menu iniciar, ir até o
painel de controle do windows e clicar em opções de energia.
Na guia esquemas de energia, selecione a configuração portátil e clique em ok.
Ao fazer isso, a tela escurecerá quando
o notebook estiver sendo alimentado pela
bateria, desligará o monitor após 15 minutos sem inatividade e desligará também
os discos rígidos após 30 minutos sem uso.
Quando o notebook ou outro computador portátil estiver
sendo alimentado pela rede elétrica, as configurações padrão voltarão.
Até a próxima!

21 de out de 2009

vantagens e desvantagens em se adquirir um netbook

O futuro pertence àqueles que acreditam na beleza de seus sonhos.
Eleanor Roosevelt

A pouco tempo foi desenvolvido um
novo tipo de computador, por assim dizer.
É o netbook, também chamado de ultra portátil.
Como o próprio nome sugere, é um
computador pequeno, parecido com o notebook, porém foi
criado para outros fins.

Esse tipo de computador é recomendado para
pessoas que não desejam grandes recursos, pois seu
poder é muito pequeno, quando comparado com um desktop e
até mesmo com um notebook.
Se você deseja apenas: ler e-mail, escrever documentos
com o Office, postar em blogs e acessar
a internet em geral, ele é mais que
suficiente.
Entretanto, se você deseja alto processamento para
trabalhar com por exemplo, vídeos e áudio, esse
tipo de arquitetura não é recomendada.
A maior vantagem do netbook sobre o notebook, é
seu tamanho e peso.
Enquanto um notebook pesa cerca de 3 quilograma, o netbook
pesa apenas a metade, ou seja, cerca de 1,5 quilograma.
Isso é muito bom, caso você deseje sair com um
computador para fazer qualquer coisa.
Por ele ser menor, é muito mais fácil e confortável
colocá-lo numa bolsa, assim, será possível
evitar chamar a atenção de ladrões por exemplo.

Problemas

Existem entretanto, alguns inconvenientes de se adquirir esses novos brinquedinhos.
Apesar de estar na moda, as pessoas
devem tomar muito cuidado com eles, principalmente em relação ao preço.
Por ser um computador de baixo processamento, seu custo também era pra
ser baixo.
Mas não é isso que ocorre aqui no Brasil.
Nos Estados Unidos, esses brinquedinhos custam em média
250 dólares, cerca de 500 reais.
É um preço mais que justo.
No Brasil entretanto, uma máquina dessas, não saem por menos de 1000 reais.
Um netbook com 1gb de memória, 40gb de espaço em disco por
exemplo, custa por aqui 1200 reais.
Com esse dinheiro é possível comprar um computador desktop com uma configuração
bem mais arrojada, com 3gb de memória, 320gb de espaço em
disco.
Com esse dinheiro também se compra um
notebook com 2gb de memória e
120gb de espaço em disco.
Muito melhor que comprar um netbook!
Vale lembrar também que o netbook não
tem drive de cd/dvd, sendo necessário o
armazenamento de dados em dispositivos removíveis e sites de compartilhamento.
Aliais, é esse o foco do netbook.
O netbook deve se adequar cada vez mais com
o conceito de computação nas nuvens
http://felipeadarocha.blogspot.com/2009/10/computacao-nas-nuvens-cloud-computing.html/
onde é possível armazenar documentos em servidores online, dispensando assim
seu HD.
Um netbook de 2gb já é mais que
suficiente se você deseja apenas trabalhar com edição de documentos, pois
você irá salvá-los em servidores ao invés de usar
seu HD para isso.
Nos próximos posts falarei com detalhes sobre esses serviços, que
podem e devem ser usados por qualquer tipo de usuário.

Bom, é isso aí.
Até a próxima!

Uma ajuda do Sebrae nas datas comerciais

Nas datas comerciais como Natal, Dia das Crianças e também Páscoa, Dia das Mães, Dia dos Namorados e Dia dos Pais, os consumidores têm naturalmente uma predisposição a mais para ir às compras. Todos nós ficamos tomados pelo impulso de presentear um parente, um amigo, colegas, e os apaixonados ficam completamente sem controle. Comprar é a ordem do nosso comportamento nestas datas. Assim, parece que vender nestas épocas fica mais fácil, mas não é verdade.
Se por um lado as pessoas estão com maior impulso para comprar, elas estão também muito mais seletivas. Por isso vender significa também influenciar a decisão de compra do cliente. Pelo menos os produtos devem ser apresentados de forma a demonstrar que atendem ao benefício que o comprador espera deles.
Muitas providências devem ser tomadas para um excelente aproveitamento da disposição de compra nestas datas.
Reforço aqui a questão do visual da loja. Isto porque mais de 90% dos fatores que podem influenciar a decisão de compra são captados pelos olhos do cliente.
Portanto, tudo que estiver à vista em uma loja deve contribuir para atrair o cliente, vender e provocar vendas adicionais.
Talvez nas vendas adicionais esteja o segredo de vender mais nestas datas. Ser criativo para combinar produtos, conseguir o entusiasmo da equipe de vendas ou de quem tiver o primeiro contato com o cliente, ser orientador na exposição e demonstração dos produtos, são providências simples, mas de efeito grandioso nas vendas.
Mas de modo geral, todos os dias, e também nestas datas, atrair e manter clientes é o desafio permanente da equipe e do próprio empresário.

Fonte: http://mundosebrae.wordpress.com/
Até o próximo post.
Abraços
Felipe Rocha

20 de out de 2009

mitos das baterias

Muita gente tem dúvidas sobre as
baterias de seus brinquedinhos digitais, como celular, iphone, notebook e outros.
Neste post vou esclarecer os principais mitos e verdades sobre
as baterias desses aparelhos.
É importante ter em mente que quanto maior o
cuidado com as baterias melhor.
Muitas coisas são mentiras quando o assunto é esse, mas, se
essas coisas forem também seguidas dentro do possível, elas
irão durar muito mais do que se não forem seguidos sempre.
Bom, vamos lá.

1- Posso tirar o aparelho do carregador antes que ele termine de carregar por completo?
R: Sim.
As baterias de hoje são feitas de íon de lítio, sendo assim, você
pode retirar o aparelho do carregador quando quiser, que não haverá problema algum.
Atenção: isso só se aplica caso a bateria seja feita de íon de lítio, coisa
muito provável nos aparelhos dos últimos anos.
Se o aparelho for muito antigo, muito provável ele terá bateria feita
de níquel, sendo assim, você deve carregar o
aparelho até o fim, se não o fizer, irá estragar a bateria.

2- Posso retirar a bateria do aparelho e guardá-la sem carga?
R: Não.
Mesmo fora do aparelho as baterias perdem energia.
Quando a bateria se descarrega, ela ainda possue uma pequena carga, que
não é utilizada pelo aparelho, mas permite que ela ainda se mantenha perfeita.
Quando ela está fora do aparelho ela continua perdendo energia.
Se você a guarda com pouca carga ou sem carga, ela perderá sua
funcionalidade, tornando-se inutilizável.

3- É necessário carregar a bateria pela primeira vez após a compra de um aparelho?
R: Depende.
Se tratando de celular e aparelhos similares, como iphone, ipod, mp3 player e
outros, é provável que você já possa usá-lo sem precisar carregá-lo.
Quando for notebook, será necessário dar uma carga inicial, com tempo estipulado pelo fabricante.

4- Posso carregar meu aparelho em ambiente quente?
R: Não.
Quando a bateria está sendo carregada, ela esquenta.
Ao carregá-la em ambiente quente, estamos esquentando ela ainda
mais, o que diminuirá o tempo de vida útil da mesma, além de provocar
curto-circuito, podendo levá-la a explosão.
As recomendações dos fabricantes é que
os aparelhos sejam submetidos apenas a temperaturas que
variem de 13 a 25 graus.

-5 Tenho de esperar o aparelho descarregar por completo antes de carregá-lo?
R: Não.
As baterias de hoje são feitas de íon de lítio, dispensando assim esse cuidado.
Você pode carregar o objeto quando bem entender, sem qualquer
tipo de prejuízo a bateria.
Atenção: isso aplica-se apenas as baterias feitas de íon de lítio.
Se seu aparelho é muito antigo, provavelmente ele usa
a bateria feita de níquel, onde você deve carregá-la apenas
quando a carga se esgotar.

6- Posso manter o aparelho ligado ao carregador mesmo após a bateria ter completado toda sua carga?
R: Sim.
Se o carregador for realmente original, você não precisa se preocupar.
Esses carregadores são capazes de saber quando a bateria já
foi totalmente carregada, e quando isso acontece ele não envia
mas energia mesmo estando ligado a tomada.
Já que ele não passa mais energia, não estará mais havendo consumo de energia por parte dele.
Porém, se o carregador não for original, ele não foi testado pelo fabricante, e
não se garante que ele irá parar de fornecer energia, ocasionando assim a queima ou até mesmo a
explosão do aparelho.

7- Devo retirar a bateria ao usar o notebook na energia elétrica?
R: Não.
Enquanto você usa o notebook na rede elétrica, não há qualquer benefício
ou malefício ao deixar a bateria no notebook, isso
porque quando se usa a rede elétrica, o notebook
não utiliza de forma alguma a bateria.
Ele só usa a bateria caso o notebook não
esteja conectado a tomada.

8- Periféricos como webcam e impressoras consomem energia de minha bateria enquanto
estão ligados ao notebook?
R: Sim.
Qualquer periférico que precise de energia para funcionar irá
consumir sua bateria.
Por tanto, ao terminar de usar o periférico, desconecte-o de seu
notebook, pois mesmo sem uso o mesmo gastará energia de sua bateria, fazendo
com que ela se descarregue mais rápido.

No próximo post irei mostrar
como configurar o windows para gastar bem menos energia em seu notebook.

Bom, é isso aí.
Até o próximo post!

Ricardo Gomes

19 de out de 2009

Marketing de um modo geral

Marketing, você pelo menos

sabe o que significa esta palavra que

estamos tão habituados a escutar e usar?

Creio que muitos responderão que não.

Marketing em sua tradução ao pé da letra

significa mercadologia.

Mercado = Comércio

Logia = Estudo

comercio de um modo geral.

Em grande parte das vezes esta excelente

ferramenta é confundida com publicidade ou

propaganda, publicidade é apenas uma parte

pequena do marketing, já que muitas vezes o

marketing pode ser utilizado como boca-a-boca.

O Marketing ele surgiu basicamente da economia

mais após algum tempo está poderosa ferramenta

tomou uma independência e se abrangeu por

outras áreas como: Sociologia, antropologia,

estatística, psicologia e outras áreas.

Um dos grandes nomes do marketing, Theodore

Levitt, definiu marketing como:

“Marketing é obter e manter os clientes.”

É claro que esta tese não é a principal definição

do marketing, mais com certeza o seu maio objetivo.

Mais o grande nome do marketing Philip Kotler,

que tem inúmeros livros os mais lidos e traduzidos

no livro “Marketing para o século XXI”, 1999,

Editora Futura, reconheceu o marketing como:

“O gerenciamento da demanda.”

Kotler tem definições muito interessantes que

merecem um pouco de nossa atenção.

1º - O marketing acha o equilíbrio entre oferta e

demanda.

2º - Marketing não é a arte de descobrir maneiras

inteligentes de descartar o que foi produzido.

Marketing é a arte de criar valor genuíno para os

clientes. É a arte de ajudar os clientes a tornarem-se

ainda melhores.

3º - Marketing é a função empresarial que identifica

necessidades e desejos insatisfeitos, define e mede

sua magnitude e seu potencial de rentabilidade,

especifica que mercados-alvo serão mais bem

atendidos pela empresa, decide sobre produtos,

serviços e programas adequados para servir a

esses mercados selecionados e convoca a todos

na organização para pensar no cliente e atender

ao cliente.

O marketing para mim é definido como um

conjunto de conhecimentos de várias partes dos

estudos humanos, que aplique o facilitamento de

trocas que ocorrem no mercado. Marketing é a

pratica dos conhecimentos que favoreçam o

mercador de trocas proveitosas no mercado.

É mais tecnologia do que ciência.

Operacionalmente podemos criar esta definição:

Marketing é o processo de planejar e executar a

concepção, estabelecimento de preços, promoção

e distribuição de idéias, produtos e serviços a fim

de criar trocas que satisfaçam metas individuais

e organizacionais.

Saiba mais em:

http://www.portaldomarketing.com.br/

Obrigado e até o próximo post.

Abraços.

Felipe Rocha

13 de out de 2009

Tecnologia 4G

Mal o 3g chegou por aqui e já se fala na quarta geração de celulares, o 4g.

Bom, é o seguinte: Existem basicamente três tipos de redes de transmissão de dados para celular. A primeira e mais fraca é a GPRS, hoje defasada, que consegue transmitir dados a no máximo 44kbps, sendo possível compará-la com a internet discada de nossa tradicional telefonia fixa.

A segunda e mais potente é a EDGE, que possibilitou a criação de muitos dos recursos que temos hoje, como a televisão no celular, pois ela já transmitia dados a aproximadamente 128kbps. É claro que isso não é uma velocidade adequada, mas já dava pra ter conteúdo multimídia no celular, além de permitir o acesso a diversos sites, dando origem assim, a por exemplo, transações bancárias.

Mais recentemente, surgiu o 3g, que deu uma pequena turbinada nessa história. O 3g era pra fornecer velocidades médias de até 1mbps, aí sim seria uma turbinada e tanto, mas o que ocorre no Brasil é que raramente consegue chegar aos modestos 300kbps.

O 3g foi dividido em três etapas: a primeira previa velocidades de até 1mbps, a segunda de até 7mbps e a terceira de até 21mbps. No Brasil, nem a primeira etapa é seguida corretamente. Além da baixa velocidade, a conexão cai muito. Uma coisa que poucos sabem, é que muitas operadoras não fornecem a velocidade real que foi contratado, ela apenas dá 10% do contratado, ou seja, se eu contrato 1mbps eu recebo apenas 100kbps. Por tanto, antes de assinar um contrato procure saber se a operadora que você escolheu faz isso ou não.

Bom, mas enquanto o Brasil enfrenta esses problemas com o 3g, os países desenvolvidos que já tiveram muito êxito com o 3g, se preparam para lançar o 4g. Enquanto nós pobres mortais ainda nos contentamos com simples imagens no celular, pois não podemos chamar os serviços daqui de tv por celular, eles já assistem a muito tempo tv de verdade no celular, com programação em tempo real e tudo mais. Agora com a chegada da tv digital, eles querem exatamente isso: assistir tv digital em alta definição do celular. O 4g promete velocidades médias de 28mbps a até 100mbps. Com essa velocidade é possível por exemplo baixar um filme completo de alta definição (h264) em apenas cinco minutos. O 4g está previsto para ser disponibilizado ao público no início de 2010. Os países que vão receber são: Alemanha, Suécia e Itália. Claro que logo ela chegará ao Brasil, mas não poderemos esperar velocidades tão boa quanto a deles, que já seguiram rigorosamente o 3g.

Bom, é isso. Até a próxima!

10 de out de 2009

Bill Gates e Microsoft, um exemplo a ser seguido

O exemplo de como Bill Gates e a Microsoft conseguiram
dominar o segmento mais lucrativo do mundo dos pc's
é uma das maiores ou a maior história do mundo empresarial
de todos os tempos.

A Microsoft ao longo de sua trajetória esteve no centro
de duas revoluções mundiais.
· A dos computadores pessoais.
· E a da internet.
Bill alcançou toda sua riqueza e sucesso através apenas
de suas idéias, ele não fabricou nada. Ele apenas acreditou
nos seus softwares em uma época em que apenas se dava
valores aos hardwares. A fama de Bill se espalhava
como um negociador agressivo e determinado, amado
por muitos e odiados por vários. Chegou a ser acusado de
fazer negociações desleais. Boatos de lado, Bill Gates, tornou-se
uma das maiores figuras de sucesso, empreendimento, riqueza
e revolução da atualidade. Com certa aparência de um nerd,
Bill Gates se tornou um dos homens mais ricos da história
e sua fortuna é avaliada na casa dos 67,8 bilhões de dólares.

Após o lançamento do ALTAIR o primeiro desktop pessoal,
Bill e Allen (seu grande amigo) se mudaram para
Albuquerque onde fundaram a Microsoft. Após alguns anos
eles já faziam barulho no mercado

Em 1981, a IBM lançou seu primeiro computador pessoal,
que foi um grande avanço na industria da informática.
Bill já naquela época estava convencido que os softwares,
eram mais importantes que as máquinas, telas e até mesmo
o coração que eram os chips. Em uma grande negociação com
a IBM, Bill conseguiu que o seu sistema operacional o MS-DOS
fosse adotado em todos os computadores pessoais. Com um
pagamento escandaloso de tão baixo, a IBM se comprometeu
a usar exclusivamente o programa da Microsoft. Após o
“empurrão” da IBM, o MS-DOS se tornou em poucos anos a
plataforma padrão dos computadores pessoais. Com lucros e
ganhos a Microsoft expandia, até chegar em Washington.
A idéia era que parecesse mais um campus universitário do
que uma empresa. O prédio era aberto 24h, e podia ir
vestidos da forma que quisesse, e não havia horários
determinados, e havia quadras em que podia se praticar
esportes nos horários em que quisesse.

Após certo tempo o MS-DOS começou a receber criticas,
devido a seus gráficos, e por conta de só poder rodar um
programa por vez. Em 1985 entrava no mercado a 1ª versão
do Windows era uma evolução e o complemento do MS-DOS.
O Windows trouxe várias novidades para o computador pessoal
como interface gráfica e mouse com interação de usuário.
Tudo isso por conta de um acordo com a poderosa APPLE
que permitia que a Microsoft usasse a interface gráfica do
sistema do Macintosh. Este acordo após alguns anos foi um
dos maiores motivos de disputa entre as empresas.

Aos 15 anos a Microsoft se tornou a maior empresa de softwares
do mundo com um faturamento anual ultrapassando a casa dos
bilhões e fechando o ano com um lucro de 1,18 bilhões de dólares.
Mais este foi ano em que também começou uma guerra entre a
Microsoft e a justiça americana, que a acusava de utilizar praticas
monopolistas, como preços que impediam a concorrência e o
bloqueio a utilização de aplicativos de outras empresas em seus
sistemas operacionais. Após alguns anos e muita divergência a
acusação foi encerrada.

O ano de 1995 foi uma grande marca para Bill, aos 39 anos e um
patrimônio de 12,9 bilhões de dólares, já a Microsoft lançava um
dos maiores sucessos da sua história o Windows 95. A partir daí
o Windows começou a ser tão popular. Ao mesmo tempo houve a
explosão da internet algo em que a Microsoft não apostava. Mais
rapidamente reestruturou seus produtos que passaram a dar suporte
a web.

Em 1997 o Netscape, um dos maiores navegadores da web, começava
A ser desbancado pelo IE Internet Explorer, que passava a integrar
o Windows e o Mac OS (sistema operacional da Apple). Mais nisso
começava outra guerra entre a justiça americana e a Microsoft, mais
uma vez acusada de práticas monopolista, e por romper um acordo
com a justiça ao atrelar o Internet Explorer ao Windows, eliminando
a capacidade de escolha dos usuários. A Microsoft sofreu uma
desvalorização de bilhões de dólares.

Como símbolo de garra e competência a não abatida Microsoft,
após a desvalorização de bilhões lançou em 2001 Office XP, e
o Windows XP. Estes produtos fizeram bastante sucesso
e revolucionaram mais uma vez o mercado. Após seis anos
estreava a atualização do Windows XP, conhecido como
Windows vista. O Windows neste começo de século mantém
cerca de 79% do mercado de sistemas operacionais. Outra
novidade da Microsoft também foi o lançamento do Xbox
lançado para concorrer contra a Sony e Nitendo.

Em 2006 acontece algo que era impossível para muitos
Bill Gates anuncia a sua aposentadoria, mais fala que
Continuará como o arquiteto-chefe de softwares na
Microsoft. O seu novo objetivo é se dedicar a suas
Instituições filantrópicas em tempo integral com sua
mulher Melinda Gates.

Se hoje a Microsoft é líder do mercado é por conta
do comprometimento em que teve com o desenvolvimento
de seus produtos e da valorização das pessoas nas quais
estavam também comprometidas com este processo.

Hoje a Microsoft vale na bolsa de valores cem vezes mais
do que vale seu ativo tangível.

Este post é dedicado ao meu amigo

Hermani Souza - eCoopertec PE

Felipe Rocha

9 de out de 2009

computação nas nuvens (cloud computing)

Esse é um novo conceito na informática.
Trata-se da possibilidade
de se utilizar programas tradicionais,
como o word, excel e etc diretamente na web.
O termo computação nas nuvens em inglesh é:
cloud computing.
Com esse novo recurso, acabam-se
as incompatibilidades existentes
entre os diversos sistemas operacionais, trazendo
assim grandes vantagens para o usuário
final, que além de tudo, não precisará
mais pagar para usar determinado aplicativo.
Em resposta a esta tendência, a Microsoft
lançou seu pacote Office online.
Trata-se das ferramentas do Word, Excel e Powerpoint em
seu navegador, de forma gratuita.
Com ele torna-se possível dentre outras coisas
o compartilhamento de documentos.
Você pode escrever um texto no Word, compartilhar com seus
amigos e eles poderão editá-lo diretamente sem precisar ter o arquivo.
Basta entrar no Office online, selecionar o documento e realizar
as operações desejadas.

Para ter acesso a esse recurso, é necessário
apenas que você tenha uma conta hotmail.
Para entrar no Office online com sua conta hotmail e senha, acesse
Esse link: http://workspace.officelive.com/pt-BR

Além desses aplicativos, é possível ainda
a manipulação de sistemas operacionais diretamente do navegador.
Exemplo: você entra em um site, acessa sua conta
e lá aparece seu desktop exatamente igual ao do Windows, com
menu iniciar e tudo mais.

Daqui a pouco tempo, já será possível instalar um novo sistema
operacional em seu micro sem mecher em seu disco rígido, será
feita apenas a instalação remota em algum site, e você
terá o sistema operacional que quiser online.

Bom, é isso.

Que Deus nos abençoe e até o próximo post.

Gestão Empresarial

O planeta não para, as novidades nele também não.
As frequentes transformações no mundo empresarial
cobra dos empresários um foco, uma visão estratégica
para enfrentar os problemas, achando assim,
competências e habilidades para uma excelente gestão
em diferentes áreas.

O sucesso em uma excelente gestão está proporcionalmente
ligada as estratégias competitivas no qual o objetivo
tem que obrigatoriamente ser agregar o valor ao negócio
da empresa, fazendo com que ela se destaque e se
posicione no mercado em que atua desbancando a sua
concorrência.

Um dos segredos para a boa gestão não se dá apenas
a boas estratégias, mais sim a uma união de toda a empresa
como uma familia desde empresários e acionistas até
vendedores, gerentes e o principal que é o cliente.
Uma gestão que não juntar todas as suas brechas
e unir toda a sua equipe deixará pequenos buracos que
com o passar dos tempos se tornarão grandes buracos
e farão com que todaa sua estrutura seja corrompida
e por fim destruindo tudo.
Por isso lembre-se de unir toda sua equipe retirar
as brechas, ter as estratégias excelentes e
o compromisso com seus objetivos.

Vídeo Recomendado
http://www.youtube.com/watch?v=1AorPNyn8e0

Este post é dedicado ao meu amigo
André Vita - Interação

Felipe Rocha

8 de out de 2009

Melhorando o desempenho de sua internet

Você tem problemas com sua internet?
ela vive caindo ou apresenta um desempenho
ruim na navegação?
Bom, existem algumas coisas que podem ser
feitas a esse respeito.
Uma das coisas que acontece com mais
frequência é com um protocolo chamado
( DNS).
Esse protocolo é responsável pela conversão
de IP para nomes.
Como assim? Bom, quando entramos
na internet digitamos um monte de nomes, seja
para entrar em sites, e-mail, msn e etc.
Mas você já parou pra pensar como tudo
isso é feito? Todo computador quando
conectado a qualquer tipo de rede recebe
uma identificação, a qual chamamos de
endereço IP. Ao entrarmos em algum
site por exemplo, estamos chamando
o site através de um determinado IP.
Acontece que nós não digitamos
diretamente o Ip no browser, pois
seria muito incômodo decorar
dezenas ou até centenas de IP não acha?
É por isso que foi criado o DNS, para
que quando seja digitado algum nome
de site, e-mail e outros aplicativos na
internet, ele seja automaticamente convertido
para endereço IP, ou seja para números.
O servidor DNS é responsável por armazenar
todos os endereços de sites e aplicativos na internet
bem como seu devido endereço IP, para
que ao digitarmos algo a consulta seja feita.
Exemplo: ao digitarmos:
http://www.downloadpe.com.br/ o
navegador enviará a consulta
para o servidor DNS configurado
no seu computador, e ele irá procurar o
IP associado a esse nome.
O problema é que no Brasil os
servidores DNS apresentam
instabilidades, sendo necessário recorrermos então
a um servidor internacional que é totalmente gratuito.
É o open DNS. Para trocar seu DNS por ele
faça o seguinte:
Clique em iniciar e vá para o painel de
controle.
Clique em conexões de rede
e clique com o botão
direito do mouse
na sua conexão.
Clique em propriedades.
Se você está em
uma rede local, clique
na guia geral.
Caso seu computador não faça parte
de uma rede, clique na guia rede.
Em essa conexão usa esses
ítens
selecione
protocolo TCP-IP.
Clique no botão propriedades
e selecione obter
o endereço dos servidores
DNS manualmente

e digite na caixa o
endereço IP:
208.67.220.220
e na outra caixa digite
208.67.222.222
e clique em ok em
todas as janelas.
Disconecte e conecte-se novamente
para que as alterações tenham efeitos
e pronto! A navegação irá melhorar
e a conexão cairá menos, visto que no Brasil
a maioria das quedas de conexão dá-se
a esse fato.
Bom, é isso aí.
Até o próximo post!

Acredite em Você mesmo

Onde é que você vai estar daqui a 5 anos? e daqui a 10 anos?
daqui a 25 anos?
O que é que realmente você quer ser na vida? O que você
tem feito para conseguir ser o que você quer? Você é o que você quer
ou é o que os outros querem que você seja?

Queridos vivemos hoje de um jeito que as pessoas apredereram a roubar
nossos sonhos, nossos ideais, e nos muitas vezes deixamos que as
pessoas roubem nossos sonhos. Sempre damos a razão e a verdade ao outro
nunca a nós mesmos. Quando um amiguinho de para outro amiguinho lá
no primário da escolinha.
- Meu sonho é ser um jogardor de futebol.
- Tente qualquer outra coisa que você é muito ruim. - Responde o outro
O coleguinha que disse aquilo tão entusiasmado toma aquilo
como realidade que desiste do seu sonho.
E se analisarmos estas situação veremos que muitas vezes
tivemos nossos sonhos roubados, não só por amigos de colégio,
mais por pais, irmãos, namorados, esposas e etc...
Nós hoje vivemos conforme os outros querem que vivamos,
não vivemos mais como sonhamos porque quando sonhamos,
nós somos chamados de diferentes, mais ser diferentes muitas
vezes é ruim pois as pessoas "normais" se afastam de nós.
Mais são pessoas diferentes que têm resultados diferentes.
São pessoas diferentes hoje que tiram, férias 3 vezes ao ano.
São elas que inventam muitas coisas, são elas que ganham os prêmios
de honraria entre outras grandes coisas. São pessoas diferentes que
por um sonho a anos atrás são donos do Google, Microsoft, Apple,
eCoopertec, entre outras gigantes empresas, graças ao sonho de alguém
hoje pegamos um avião, carro, assistimos tv, falamos com uma
pessoa que está no Japão e nósno Brasil em tempo real e etc...

Mais nem tudo é nostalgia, muitas coisas ainda serão criadas ainda,
você será um mero espectador da criação, ou um dos criadores?
Você quer ser igual a 90% da população que é "normal" e passam
35 anos de suas vidas se sacrificando em seus trabalhos
sem sonhos e ao final destes 35 anos o dinheiro que ganham
chamado de aposentadoria é para pagar remédios,
médicos e contas? Ou você quer ser diferente como eu, que mesmo
muitas vezes excluído dos 90% (é o que eu mais quero mesmo)
continua sonhando, e quando chegar ao final de minha vida
vou poder olhar para trás e dizer.
- Fiz tudo que sempre sonhei.
Amados nada é impossivel, apenas não se tem o conhecimento ou
não foi tentado. Acredite em você mesmo, pois seu sucesso só depende
de você. E não deixe ninguém roubar seus sonhos.

Recomendo este video
http://www.youtube.com/watch?v=XQAmmAupSas&feature=related

Que Deus abençoe cada um de vocês.

Este post foi dedicado aos meus amigos
Cleidson Silva e Leonardo Araújo.

Felipe Rocha.

6 de out de 2009

Sucesso

Sucesso...

Afinal o que é sucesso?

Sucesso, uma palavra do latin significa bom resultado ou o termo êxito na campanha.
Antes de realizarmos algo, seja um sonho, seja um trabalho especifíco, temos que definir
uma meta, um objetivo, um ponto final. Este ponto final ao atingirmos o que queremos se
chama sucesso. Mais por que pessoas passam a vida atrás do sucesso e nunca o alcança?

Para cada um de nós, sucesso significa ter algo diferente. Pois cada um de nós temos objetivos
e pontos diferentes a serem alcançados em nossas vidas. Sendo assim o sucesso é diferente
para cada um de nós.

Mas na realidade não buscamos ter um resultado prático em nossas metas e objetivos, o que
profundamente buscamos é o prazer de ver nossas metas e objetivos concluídos. A alegria,
a felicidade, a emoção de ver nossa meta concluida e poder dizer para nós mesmos "Ufa
foi duro mais eu consegui." Não é conseguir comprar aquele carro tão lindo, chegar naquele
cargo que sempre sonhamos, comprar nossa casa própria, fazer aquela viagem tão especial,
mas sim a alegria e a felicidade de todo o processo de realização destes nossos sonhos.
De um modo geral o sucesso apesar de ser diferente para cada um de nós e diferente nas
situações de nossas vidas, podemos dizer que o sucesso é a maneira de chegarmos
a nossa felicidade, ou de forma igual e simples podemos dizer que:
"O Sucesso é a felicidade sendo realizada em nossas vidas."

Mas cuidado alcançar o sucesso não é tão simples quanto parece. Existe algumas coisas
que pode tira-lo de nossas mãos. Vão aí algumas dicas.


Quando associamos a nossa felicidade ao fato de "ter" ou "ser" alguém ou alguma coisa.
Isso é na maior parte das vezes a frustração ou o sentimento de perda de várias pessoas.
E se agrava ainda mais quando associamos nosso sucesso a imagens de pessoas como:
A agilidade de Jackie Chan, a riqueza de Bill Gates, o talento de Kaká, a criatividade de
Chico Buarque. Sua felicidade e seu sucesso não pode estar no que outras pessoas tem ou
fazem, mas sim no que você é no que você faz e no que você vai ser. Todas as pessoas são
diferentes, e de formas diferentes cada um de nós temos que encontrar nossa própria
riqueza, nossa própria agilidade, nosso próprio talento, nosso próprio objetivo.

Não vai ser tão fácil chegarmos a nossa felicidade ou a nosso sucesso, teremos que muitas
vezes nos sacrificar para alcança-lo, por isso muitas pessoas tombam no meio do caminho
pensando que será fácil. Um dos segredos para alcançar o sucesso é a persistência.

Muita gente acha que encontrará felicidade no uso de drogas, Pobres infelizes. Se você quer
alcançar seu sucesso não é este o caminho.

O excelente de tudo isso é que podemos nos sentir felizes apenas através de nossos
pensamentos e determinação. Na espera positiva por algum evento, no modo de sentir
as maravilhas da vida e da criação dela, no contato com outras pessoas, na comemoração
de resultados, principalmente dos pequenos, pois são eles que costroem os grandes.
Seremos felizes por opção, escolhendo o que olhar, com quem estar, o que sintonizar,
o que pensar, e o que fazer com nosso precioso tempo.

O chato é que a felicidade é um estado passageiro, e por isso que temos que estar
constantemente e incessantemente a sua busca. Mas isso já é parte da vida. No qual
temos altos e baixos.

Lembre-se sempre que atingir sua meta, inicie mais outra meta, para que você possa ser
uma pessoa realizada sempre.

Obrigado pela atenção.
E até a nossa próxima postagem.
Felipe Rocha.

5 de out de 2009

Abertura do nosso Blog.

Olá prestigiado visitante é um imenso prazer tê-lo conosco.

Nossa Missão é:
"Trazer assuntos, mensagens e noticías importantes para pessoas que almejam crescer e melhorar."

Visão:
"Ser um blog reconhecido nacionalmente pela importância de suas postagens."

Valores:

Transparência
Assumimos total responsabilidade pelas nossas postagens e publicações.

Meritocracia
Nosso crescimento é gerado pela importância dos assuntos que aqui serão postados.

Trabalho em equipe
Toda ajuda é bem-vinda, se quer cooperar com nosso crescimento muito obrigado.

Humildade
Sempre disponiveis para você, lhe ajudar, trocar experiências e crescer juntos.