26 de jun de 2013

Frutos dos 20 centavos

Vinte, dez, cinco centavos para você faz diferença? E pensar que por conta de vinte centavos o nosso país está a passar por uma revolução histórica. É motivante e contagiante ver nossa geração indo às ruas protestando, reclamando e exigindo de nossos governantes investimentos, recursos e projetos que beneficiem o povo brasileiro. É lindo entrar nas redes sociais hoje e ver as famosas "hashtags" em apoio aos movimentos e manifestações, as mensagens de apoio de grandes personalidades brasileiras, ver nos noticiários do mundo inteiro o Brasil como manchete. Literalmente a nossa casa está começando a ser arrumada.

Um país de dimensões continentais, de riquezas naturais imensuráveis, de um povo tão apaixonante e belo como é o povo brasileiro. O governo deixou de lado o diálogo com o povo nos últimos 15 a 20 anos, os deputados não fazem mais trabalhos de deputados, o senado seguiu defendendo seus interesses pessoais em rodadas de negociações entre partidos aliados e governo. Não existe oposição, esquerda, direita, nada, nada... Não existe mais ideal partidário-político, por isso os manifestantes fizeram questão de barrar qualquer bandeira de partido político nos movimentos. Nosso partido é o Brasil, dizem os manifestantes. Suas reivindicações são bastante pertinentes, pois um país que pode gastar 28 bilhões em uma festa para o mundo inteiro, poderia também lançar um mega pacote de crescimento nacional para ajudar no desenvolvimento das PESSOAS, e não os paliativos sacanas e populistas que aparecem ultimamente para angariar votos.

Já começam a serem colhidos alguns pequenos frutos, frutos esses como:
  • Redução em alguns impostos que acarretam o aumento das tarifas do transporte público.
  • Arquivamento da Proposta de Emenda Constitucional 37 (PEC-37)
  • Consideração do crime de corrupção como crime hediondo.
  • STF ordenando a prisão do Deputado Federal Natan Donadon (PMDB-Rondônia).
  • Reforma Política.
Com certeza ainda existirá muitas outras mudanças, este é apenas alguns primeiros frutos que o povo brasileiro começa a colher. O gigante acordou, grita as ruas, o povo brasileiro cansou e agora podemos dizer que estamos arrumando a casa. Somos Brasil, não desistimos nunca, porque enquanto houver vida haverá não apenas esperança mas também a mudança.

Um comentário:

Beatriz melo disse...

Apoiadissimo, faço minhas suas palavras!