17 de dez de 2009

Marketing de Rede

O Marketing de Rede é um sistema de distribuição
ou uma forma de Marketing que movimenta bens e
serviços legítimos com valor comercial, do fabricante
diretamente para o consumidor, por meio de uma rede de
distribuidores independentes. Não existem atacados e
grandes distribuidores intermediando a empresa fabricante
do produto e o consumidor final. O único intermediário
é o distribuidor independente que é uma pessoa física
ou jurídica sem vínculo empregatício com a empresa.
Isto aumenta a margem de lucros da empresa pois além
de reduzir os gastos de distribuição devido a ausência
de intermediários, tem os gastos de publicidade reduzidos,
pois os distribuidores independentes da empresa encarregam-se
de divulgar os produtos e a marca. Além disto, a inexistência
de vínculo empregatício, ou seja, carteira assinada reduz o
número de funcionários necessários ao funcionamento da empresa
sendo assim mais um fator de redução de custo. Com todos estes
fatores reduzindo os custos de distribuição e com os
distribuidores independentes arcando com todas as
responsabilidades descritas, uma parte do lucro da empresa
é devolvida aos seus distribuidores.

O Empreendedor de Marketing de Rede trabalha como empresário
autônomo, e representa uma determinada companhia executando
seu plano de Marketing, divulgando seu produto ou serviço e
a oportunidade de negócio oferecida pela empresa, bem como
sendo responsável em treinar novos recrutas. É um trabalho
que consiste em falar com pessoas e criar relacionamentos.

O marketing de Rede é diferente do marketing direto.
Neste a empresa remunera diretamente seu distribuidor pela
venda dos produtos ao consumidor final. Não existe outra forma
de ganho. Naquele, a empresa permite que o distribuidor associe
à empresa outros distribuidores. Desta forma a empresa cria uma
segunda remuneração, pois entende que o esforço do distribuidor
em associar outro distribuidor deve ser compensado, pois a empresa
também tem lucros com isto. Este processo contínuo, onde um
distribuidor associa à empresa outro distribuidor forma o que
denomina-se rede.

O Marketing de Rede tem por carater movimentar bens de consumo ou
serviços. Já o marketing de pirâmide movimenta apenas o capital
dos distribuidores, sem haver troca de benefícios, e no Brasil é
enquadrado como crime pela Lei nº 1.521 (inciso IX do 2º artigo).
Sendo assim, esquemas como Roda da Fortuna, Avião são crimes,
pois movimentam apenas dinheiro entre os integrantes.

No entanto, o Marketing de Rede é totalmente legal em quase
todas as nações, inclusive no Brasil onde é amplamente divulgado
pela Associação Brasileira
de Vendas Diretas
, através de um comitê só para
a atividade.

Segundo Robert Kiyosaki, no livro "NÓS QUEREMOS QUE VOCÊ FIQUE
RICO" (Editora Campus), uma empresa de Marketing de Rede é
exatamente o oposto de uma pirâmide, pois é feita para levá-lo ao
topo, e não mantê-lo na base.

Por isso é um excelente negócio participar do marketing de rede.
Até o próximo post.

Felipe Rocha

Fonte: Wikipédia

Nenhum comentário: